Melhores adaptações literárias para o cinema | BEDA #2 - Quarto dos Livros

Melhores adaptações literárias para o cinema | BEDA #2


Descobrir que seu livro favorito será adaptado para o cinema pode ser uma surpresa muito boa. Ou não. Muitos dos filmes inspirados nos livros são perfeitos: personagens conforme descrito, apesar de excluírem algumas partes, por conta do tempo e o final é igual; difícil mesmo é quando o longa altera várias partes, e não faz você sequer lembrar da história. Mas hoje separamos, para vocês, só as melhores. Na verdade, vou falar um pouco sobre as minhas adaptações favoritas. Ou seja, as melhores na minha humilde opinião.

1. Um dia (2011, EUA)
Baseado no romance de mesmo nome de David Nicholls, "Um dia" conta a história de Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgess), que se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Neste período Em enfrenta dificuldades para ser bem sucedida na carreira, enquanto Dex consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por várias outras pessoas, mas sempre está, de alguma forma, interligada. 
Quando vi o filme, fiquei com um pouco de receio, nunca é fácil ver um livro que significa tanto para você ser estragado no cinema. Mas a diretora Lone Scherfig consegue transmitir a essência do livro para o longa.

2. As vantagens de ser invisível (2012, EUA)
Quando o autor do livro e o diretor da adaptação são a mesma pessoa, não tem como o filme não ser fiel, certo? No caso de "As vantagens de ser invisível", sim. 
Charlie (Logan Lerman) é um jovem que tem dificuldades para interagir no colegial, especialmente depois de seu melhor amigo ter cometido suicídio. Ele se sente deslocado no ambiente, até o dia em que conhece Patrick (Ezra Miller) e Sam (Emma Watson), e passa a andar com eles. E a partir disso, ele começa uma jornada cheia de descobertas. 
Mesmo com algumas pequenas diferenças, Stephen Chbosky consegue adaptar sua obra de uma forma que essas alterações não incomodem os fãs do livro. 
P.S.: tem resenha dele aqui no blog.

3. Se eu ficar (2014, EUA)
Estrelado por Chloë Grace Moretz e baseado no best-seller, de mesmo nome, da autora Gayle Forman, o longa traz a história de Mia Hall (Chlöe Grace Moretz), uma musicista que, após sofrer um grave acidente de carro e perder a família, fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso ela fique. Entre os flashbacks é possível conhecer melhor a vida de Mia, desde o conturbado relacionamento com Adam (Jamie Blackley), a dúvida entre decidir ir ou não para Juliard. 
O longa é muito bem adaptado, com algumas mudanças aqui e ali, como o nome da banda de Adam, que no livro se chama Shooting Stars, mas como já existe uma banda com esse nome, no filme ela se chama Wilamette Stone. É aquela história que te faz chorar com as tragédias na vida da protagonista e refletir sobre a sua própria.
P.S.: também tem resenha dele (AQUI) e da sua sequência, "Para onde ela foi" (AQUI).

4. Como eu era antes de você (2016, EUA)
Rico e bem sucedido, Will Traynor, vivido por Sam Claflin, leva uma vida repleta de viagens e esportes radicais, até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a viver em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark, interpretada por Emilia Clarke, é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele. 
"Como eu era antes de você" é adaptação do aclamado livro da autora Jojo Moyes, que também assina o roteiro do filme. 
Embora seja uma boa releitura do original, o longa deixa de lado algumas cenas importantes e que mostram mais da relação de Lou e Will, mas ainda sim, está na minha lista de favoritos.
P.S.: Tem resenha do livro (AQUI) e da sequência "Depois de você" (AQUI).

5. A chegada (2016, EUA)
Indicado em oito categorias do Oscar deste ano, incluindo Melhor Filme e Roteiro Adaptado, o longa é baseado no conto "História da sua vida" do escritor Ted Chiang e é uma grata surpresa no mundo de adaptações do gênero ficção científica.
Após seres alienígenas descerem à Terra, em naves espalhadas por diversos pontos do planeta, a Dra. Louise Banks (Amy Adams), uma linguista especialista no assunto, é procurada por militares para traduzir os sinais e desvendar se os alienígenas representam uma ameaça ou não. O longa ainda conta com Jeremy Renner no elenco, como o matemático Ian Donnelly, que ajuda Louise na tentativa de traduzir os sinais enviados pelos alienígenas.

*Menção honrosa: Saga Harry Potter
Não dá para falar de adaptações literárias e não falar de Harry Potter! A série do menino bruxo teve seus altos e baixos, em alguns filmes foram mais baixos que altos (olá, Enigma do príncipe), mas a magia do universo de J. K. Rowling no cinema é inegável e marcou gerações e, por isso merece estar nessa lista. Na realidade, Harry Potter merece um post só seu, mas isso é assunto para um outro dia.

Esse são apenas algumas das minhas adaptações favoritas. Deixem aqui nos comentários se concordam ou não com essa lista e se sentiram falta de algum filme. 


2 comentários:

  1. Oi Juliana! Assisti e depois li Como eu era Antes de Você, realmente algumas cenas importantes foram deixadas de lado, mas mesmo assim o filme é lindo! Sempre me dá um certo frio na barriga quando vejo que algum livro que eu li vai ganhar uma adaptação.

    blog aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cássia! Exatamente, mesmo com essas cenas faltando, o filme ficou lindo. Eu sempre fico apreensiva quando vejo que um livro que eu gosto vai virar filme ou série e fico torcendo pra ser bom.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.