RESENHA: Wallbanger (Cocktail #1) - Alice Clayton


A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias e noites agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não, Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina talvez seja o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.

Vou começar essa resenha confessando que não era muito fã do gênero new adult, “Cinquenta Tons de Cinza” (quem sabe um dia faço resenha dele para o blog) quase arruinou todos os NA para mim. Mas aí veio essa maravilhosa da Alice Clayton me mostrar que nem todos são ruins.

Então vamos falar de coisa boa – não, não é tecpix -, vamos falar de “Wallbanger” (“Subindo pelas paredes”, no Brasil).

Caroline Reynolds é designer de interiores (não uma decoradora), trabalha em ótimo escritório, tem bons amigos, conseguiu o apartamento dos sonhos em São Francisco, tem um gato chamado Clive, sabe fazer pães e tortas deliciosos… mas não tem um orgasmo há muito, muito tempo. O “O”, como ela o chama, a abandonou e parece não ter intenção de voltar. Para completar a situação, seu novo apartamento tem paredes muito finas e seu novo vizinho passa várias noites enlouquecendo mulheres em sua cama (e enlouquecendo Caroline do outro lado da parede, também e não no bom sentido).

Depois de algumas noites mal dormidas, Caroline resolve confrontar o sujeito e conhece Simon. "Simon era deslumbrante. Claro que era..." Depois de concordarem com uma trégua, uma amizade interessante surge entre os dois, repleta de diálogos engraçados, cheios de sarcasmo e duplo sentido.

"- Descascar maçãs, nada além de descascar maçãs. Nem senti seus peitos nas minhas costas. Jamais! - ele entoou, e eu gargalhei."

Na maior parte do tempo o livro é narrado apenas por Caroline, mas isso não impede que a autora passeie em alguns momentos - bem raros - nas mentes de outras personagens. Há também algumas interações feitas por meio de mensagens de texto, que fazem tudo ser ainda mais engraçado.

A melhor parte do livro? O epílogo, sob uma visão totalmente inesperada e hilária (sim, vou manter o mistério).

Os coadjuvantes têm um papel importante na história, não são do tipo que só aparecem de vez em quando para encher cena. Mimi e Sophia, amigas de Caroline, são polos completamente opostos, e de alguma forma, as três se entendem. Ao mesmo tempo em que incentivam Caroline a ter algo com Simon, têm suas próprias vidas e romances e problemas para lidar.

"Quando vi - ou melhor, ouvi - Simon pela primeira vez, jamais poderia ter adivinhado, mas ele estava rapidamente se tornando uma das minhas pessoas favoritas. Eu estava totalmente errada quanto a ele."

Esse livro tem uma coisa que eu sinto falta na maioria dos NA. Sabe aquela coisa de ter um relacionamento antes e depois do sexo? Normalmente é assim: em alguns livros, todo o desenvolvimento da história leva ao sexo entre as personagens, e aí o livro acaba; em outros, na página 50 do livro os personagens só se falaram duas vezes e eles já fizeram sexo (e depois não tem mais história). “Wallbanger” não é assim. Existe o antes, o durante e o depois, também. E a Alice Clayton não se perde em nenhum desses momentos.

“Wallbanger” faz parte da série “Cocktail”, que tem mais quatro livros. Mas já vou avisando: apenas três são sobre Caroline e Simon ("Rusty Nailed" e "Last Call"). Não é o livro que vai mudar sua vida ou te fazer refletir sobre ela, mas com certeza vai te fazer rir muito.

"A mulher certa para você não vai querer que você mude alguma coisa na sua vida. Ela não vai balançar o seu barco , ela vai saltar nele e navegar com você. "





24 comentários:

  1. SOCORROOOOOOOOO, EU AMO ESSE LIVRO. Li ele faz uns 2 anos, mas foi muito engraçado. E fui descobrir que primeiro esse livro era uma fanfic de Crepúsculo depois que já tinha começado ele. A Mimi é uma das minhas personagens favoritas. Amei a resenha <3
    http://www.horadaleituraa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo esse livro! Li mais ou menos nessa época também e me apaixonei por ele. Siiim, só descobri isso depois que terminei o livro e super fiquei imaginando como ele poderia ser uma fanfic de Crepúsculo hahahahaha
      Mimi é maravilhosa! Mas a Sophia é minha favorita.
      Muito obrigada! <3

      Excluir
  2. Oláá
    Não conhecia esse livro, mas ele tem uma premissa e quotes bem atrativas, quem sabe eu venha a adquirir! *---*
    Bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um dos meus livros favoritos da vida, então sou suspeita, mas super recomendo!

      Beijos,
      Juliana

      Excluir
  3. Oi, Ju!
    Menina, eu rachei de rir com aquele epílogo! Achei super tendência e muito inesperado.
    Ultimamente, eu ando lendo muito NA no estilo: primeiro rola um conhecimento entre as partes e depois o relacionamento. Aconselho muito você ler O Acordo, da Elle Kennedy. Meu NA favorito ever nessa vida.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do Balaio de Babados e Postando Trechos
    Participe da promoção 1 Ano de Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O epílogo é maravilhoso! Clive é maravilhoso hahahaha
      Nunca ouvi falar desse livro, mas super vou procurar. Gosto muito quando tem uma história antes do relacionamento.

      Beijos,
      Juliana

      Excluir
    2. Caso você queira saber um cadinho, já tem resenha dele lá no blog http://balaiodebabados.blogspot.com.br/2016/04/resenha-46-the-deal.html
      Na verdade, eu já fiz resenha de todos que já foram lançados dessa série. São histórias independentes, antes que você desista hahahaha

      Excluir
  4. Gente, amei! Que livro curiosíssimo, não é o tipo de leitura que está na minha zona de conforto, mas me interessei demais! Mais um pra lista kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou suspeita pra falar, mas esse livro é ótimo! Também não estava na minha zona conforto literária, mas foi amor nos primeiros capítulos. Super recomendo!

      Excluir
  5. Eita, essa sinopse é bem louca hahaha. Não é o tipo de livro que estou acostumada, ou que tenha interesse, mas por algum motivo me pareceu divertido. E verdade o que a Juliana disse ali? Veio de fanfic também? Crepúsculo rendeu vários livros hahaha.
    Não sei se leria agora, mas curti sua resenha. Beijos!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada de NA. Confesso que não é um gênero que me chama a atenção, mas pretendo dar uma oportunidade qualquer dia desses.
    Vou guardar a indicação para futuras oportunidades.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Cinquenta Tons de Cinza quase arruinou a minha relação com os New Adults também, viu??? Hehehehehe. Até que eu conheci Colleen Hoover. Foi aí que tudo mudou!
    A sinopse desse livro me assustou um pouco, mas gostei da sua resenha, então vou colocar na listinha! XD
    um xêro.

    www.umadoseparaomeudia.com

    ResponderExcluir
  8. Cinquenta Tons de Cinza quase arruinou a minha relação com os New Adults também, viu??? Hehehehehe. Até que eu conheci Colleen Hoover. Foi aí que tudo mudou!
    A sinopse desse livro me assustou um pouco, mas gostei da sua resenha, então vou colocar na listinha! XD
    um xêro.

    www.umadoseparaomeudia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que Cinquenta Tons de Cinza quase arruinou a relação de muita gente com os NA hahahaha
      Eu sou suspeita pra falar desse livro, mas acho que todo mundo devia dar uma chance pra ele. Tenho certeza de que você vai gostar!


      Beijos,
      Juliana

      Excluir
  9. olá tudo bem?

    não conhecia esse livro, mas tem o mesmo foco que o "Safado do 105", 50 tons foi um desastre mesmo. adorei seu blog e já estou seguindo beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li "O Safado do 105" e eles tem uma vibe meio parecida mesmo, mas eu ainda prefiro o Simon ao Calvin/Caio hahahaha
      Obrigada <3

      Excluir
  10. Oii,

    Vi muitos comentários bem positivos sobre esse livro, mas não sabia de sua história. E fiquei bem interessada, ainda mais por ser uma história divertida. Amei a trilogia do 50 tons, minha favorita, e ainda não me decepcionei com nenhum NA, e espero que não aconteça..hahahaha.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wallbanger é mara! É super divertido e a Caroline é maravilhosa. Aposto que você vai gostar!


      Beijos,
      Juliana

      Excluir
  11. Não vou mentir que não desgostei completamente de 50 Tons, mas que ele é fraco é e se todo NA fosse daquele jeito nosssaaaaa que dor que seria. Eu sou fã do gênero e sua resenha já colocou Wallbanger na minha lista!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho o enredo do livro muito fraco e a Anastasia e o Christian não me convencem. Sei lá.
      Tenho certeza que você vai gostar de Wallbanger <3


      Beijos,
      Juliana

      Excluir
  12. Realmente! Tem alguns NA que a gente lê e acaba jugando todos os outros. Mas eu percebi que não era bem assim, quando li "The Deal" no incio do ano. Você já leu? Ri bastante com esse livro, e até as cenas mais quentes fluíam de maneira tão simples. Sem parecer forçada sabe? :D
    Sua resenha ficou muito boa e bem explicada. Me parece que irá render um leitura divertida.

    ♥: Livros e Um Segundo Mundo /

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim! Eu acabei julgando todos os NA por 50 tons de cinza, mas acabei encontrando outros que mudaram totalmente a impressão que ele deixou em mim. Ainda não li esse livro, mas vou procurar.
      MUito obrigada!


      Beijos,
      Juliana

      Excluir
  13. Excelente resenha! Parabéns!

    Beijos,

    Dalvan Linhares

    http://www.literatudotextos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.