RESENHA: Depois de você - Jojo Moyes - Quarto dos Livros

RESENHA: Depois de você - Jojo Moyes




"Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente."

SPOILER ALERT: Este texto possuí spoilers do final de “Como eu era antes de você” e se você ainda não leu o livro ou viu o filme, sugerimos que pare por aqui. (Mas eu prometo não contar o grande spoiler de “Depois de você”).

“Depois de você” é a inesperada continuação do sucesso mundial “Como eu era antes você”, que mostra o que aconteceu com a nossa amada Clark dezoito meses após a morte de Will. 

Não sei vocês, mas eu não esperava por uma continuação, então fiquei bem surpresa, feliz e apreensiva ao mesmo tempo. “Como eu era antes de você” é um livro incrível e acabou se tornando um dos meus favoritos e pensar em uma nova história da Lou sem o Will me deixou com um pé atrás. Mas Jojo Moyes é Jojo Moyes e é claro que ela não me decepcionou e vou explicar o porquê nos próximos parágrafos.

Dezoito meses após ter seu coração completamente despedaçado com a morte de Will, Louisa se vê exatamente onde estava antes de conhece-lo: sem saber o que fazer da vida. Por um tempo ela até tentou viver a vida da forma como Will a ensinou, viajando, conhecendo novos lugares e culturas, mas depois de um tempo acaba desistindo. Sem poder voltar para a cidade que lhe traz tantas lembranças e ainda sem falar com a mãe, que não a perdoou por ter ido à Suiça, Lou compra um apartamento em Londres e consegue um emprego na lanchonete do aeroporto e tenta seguir em frente da melhor forma possível.

Depois de cair acidentalmente do terraço do seu apartamento, Lou conhece Sam Fielding, o paramédico que a ajudou, mas vamos falar mais sobre ele depois. Com vários ferimentos e incapaz de se virar sozinha, ela se vê obrigada a voltar para a casa dos pais enquanto se recupera. De volta a sua cidade, ela precisa lidar com as lembranças e com vizinhos que a julgam por ter “participado” da morte de Will e que sua queda, na verdade foi uma tentativa de suicídio por não aguentar a culpa. Vendo que ela não está conseguindo superar o luto, seus pais decidem fazer um acordo: Lou só poderá voltar para Londres sozinha se entrar em grupo de apoio para pessoas em luto. 

O livro não se trata apenas do luto da Lou, ele traz outras histórias, nós podemos outras pessoas lidando com o luto de formas diferentes. Esses novos personagens trazem novos dramas e questionamentos e faz com que nem tudo gire em torno da nossa protagonista.

Lembra do super spoiler que eu prometi não contar? Bom, digamos apenas que quando você lê a sinopse do livro e vê que alguém do passado do Will “surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente”, ninguém espera por quem aparece. Eu pensava que podia ser os pais do Will ou até mesmo o Nathan..., mas não. Eu fiquei em choque e quase caí para trás. Por isso vou cumprir minha promessa e deixar esse mistério no ar para você também ficar em choque quando ler.

Em alguns momentos senti que a Lou perdeu um pouco da sua essência, ela deixa de usar suas roupas excêntricas e passa a usar jeans e camiseta. Porém, em outros a velha Louisa está de volta colocando os interesses de todos à frente dos seus: seja dos colegas do grupo de apoio, da sua família, ou até mesmo de uma completa estranha que aparece em sua porta pedindo abrigo, simplesmente por achar que tinha uma dívida com Will. Tive vontade de dar uma sacudida nela em vários momentos exatamente por colocar a felicidade de todos antes da sua, mas ao mesmo tempo é incrível ver como ela faz tudo por aqueles que ama.

Sobre o Sam da ambulância, é ele quem tenta ajudar Lou a passar por esses momentos difíceis. Não posso dizer que torci por esse casal como torcia por Will e Lou, mas ele traz uma estabilidade e tranquilidade que ela precisava. Era um relacionamento sem grandes complicações, calmo e que fazia bem para ela. É fácil demais gostar dele e querer que esse romance dê certo.

Saindo um pouco da história da Lou, mas nem tanto, Josie e Bernard tem os momentos mais engraçados do livro. Treena mostrou para mãe que ela vive em um mundo extremamente machista e patriarcal e isso faz com que Josie resolva mudar sua vida e sair da concha. É uma mudança e tanto para a mulher que vivia para cuidar da casa, das filhas, do marido e do pai doente, que nunca saía sozinha de casa, mas que de repente está indo visitar a filha em Londres. Josie Clark mostra para todo mundo que ela pode ser muito mais do que eles esperavam.

No geral, “Depois de você” é um livro sobre superação e aprender a seguir em frente, com aquela mensagem que Will Traynor nos ensinou em “Como eu era antes de você": viver intensamente. Claro que ele não é tão incrível e emocionante como seu antecessor, mas em momento algum ele decepciona. E vamos combinar, seria ingenuidade demais esperar que ele fosse.










2 comentários:

  1. Juuuu♥

    Eu adorei sua resenha sobre esse livro!
    Vou te contar que eu ainda tô em cima do muro. Já li váriasss resenhas negativas e várias boas, e tô com medo de que a continuação abale meu amor pelo primeiro livro hahah
    Acho que vou prolongar mais um pouquinho ahhah

    Um beijo
    ps: O BLOG TÁ LINDÃO♥
    Paloma
    www.surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Pah! <3

      Eu também tava com esse medo, de que esse livro não fosse tão bom quanto o primeiro e que eu fosse odiar ver a Lou sem o Will... mas não! Eu gostei bastante desse livro. Não é tão maravilhoso quanto o primeiro, mas ainda sim é muito bom e também é lindo.
      Acho que vale a pena você tentar.

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.