RESENHA: As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky - Quarto dos Livros

RESENHA: As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky



Foto: Luane Chinaide
"Mais íntimas que um diário, as cartas de Charlie são estranhas e únicas, hilárias e devastadoras. Não se sabe onde ele mora. Não se sabe para quem ele escreve. Tudo o que se conhece é o mundo que ele compartilha com o leitor. Estar encurralado entre o desejo de viver sua vida e fugir dela o coloca num novo caminho através de um território inexplorado. Um mundo de primeiro encontros amorosos, dramas familiares e novos amigos. Um mundo de sexo, drogas e rock'n'roll, quando o que todo mundo quer é aquela música certa que provoca o impulso perfeito para se sentir infinito." 

Sabe aquele livro que você lê e se apaixona tanto que sente a necessidade de indicar para todo mundo? “As Vantagens de Ser Invisível” ocupa esse lugar na minha vida.

"Eu sei que tem pessoas que dizem que essas coisas não acontecem, e que isso serão apenas histórias um dia. Mas agora nós estamos vivos. E nesse momento, eu juro. Nós somos infinitos."

O livro conta a história de Charlie, através das cartas que ele escreve para um amigo que não tem nome e nem endereço. Nessas cartas, ele deixa claro para o destinatário que decidiu mudar os nomes das pessoas para que o destinatário não descubra quem ele é.

Charlie é um adolescente de 15 anos que está passando por um momento difícil em sua vida: ele ainda sofre com a perda de seu melhor amigo, Michael, que cometeu suicídio. Charlie não consegue assimilar o fato de seu amigo ter tirado a própria vida e não ter conversado com ele, não ter dito que estava com problemas. Além disso, ele também sofre com a morte de sua tia e pessoa favorita na família, a tia Helen, que morreu em um acidente de carro quando ele era criança.

"Não há nada como a respiração profunda depois de dar uma gargalhada. Nada no mundo se compara à barriga dolorida pelas razões certas. E essa era ótima."

Nosso protagonista não é um adolescente comum, ele é extremamente inocente, confuso, perturbado e entende tudo de forma literal. Mas sua vida muda radicalmente ele conhece Bill – seu professor -, Sam e Patrick. Ele, aos poucos, vai tendo suas primeiras experiências na adolescência, como o primeiro beijo, a primeira festa, a primeira bebida, e também o primeiro contato com as drogas.

A narrativa do livro é toda feita através das cartas escritas pelo Charlie e isso faz com que você se sinta mais próximo do personagem, além de realmente mostrar tudo o que ele está sentindo. Garanto que você também vai querer ser amigo dele. Sua timidez excessiva e ingenuidade são que deixam a história ser tão bonita. Sem contar que a amizade entre Sam, Patrick e Charlie é linda e muito verdadeira. Ele sempre deixa bem claro o quanto ama e o quanto é grato pelos amigos, e, através de suas atitudes, Sam e Patrick nos mostram o quanto eles também o amam.

“As Vantagens de Ser Invisível” é aquele livro que vai fazer você se apaixonar pela história e por todos os personagens e querer fazer parte da história. Ele mostra o quanto uma amizade verdadeira pode ajudar em momentos difíceis e a dar um novo sentido à nossa vida. Além de falar sobre todas as dificuldades que são enfrentadas durante a adolescência, dramas familiares, as dificuldades do colegial e as primeiras vezes desse período.

"As coisas mudam. E os amigos partem. E a vida não para pra ninguém!"












Um comentário:

  1. Ótima resenha, gosto desse livro, as músicas que eles indicam também são ótimas

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.